• "Um blog do cacete!" - Folha de São Paulo

  • "A resolução que recomendo para a leitura deste blog é 1024 x 768." - Stevie Wonder
  • Powered by Blogger

    sexta-feira, janeiro 26

    Achas que eu alguma vez soube alguma coisa?

    Agora esquece, não adianta, vou-me embora. Não esfregues os olhos, não comeces a chorar, não te abraces a mim, não me encharques o ombro de lágrimas que o casaco é novo e estraga-se. É irónico chorares logo no ombro onde penduro a mochila que contém o que preciso para viver longe, mas apesar de ser irónico é o braço que está ligado a esse ombro que te abraça debilmente. O outro braço não abraça porque tem na ponta uma mala com um saxofone lá dentro. Sim, é isso, acho que não é não querer que me esfregues os olhos, não é não querer que me abraces, não é não querer que chores, escolhe o ombro à vontade, que interessa o casaco, que se lixe o casaco. Não me podes é pedir que te abrace com força com as duas mão porque tenho o saxofone na ponta de uma delas. Não é por não saber o que fazer quando tudo por dentro de nós está corroído. É um cliché dizer que é um cancro mas na verdade é mesmo de um cancro que se trata e agora é tarde, devias ter pensado nisso antes, esquece, não adianta, vou-me embora. Não me importo que chores aí nesse ombro que pela parte que me toca nem é meu, é de um sujeito qualquer que neste momento sabe melhor do que eu o que é o perdão. E não só não é perdão aquilo que mereces como também não é perdão aquilo que devo fazer. Não sei o que mereces (achas que eu alguma vez soube alguma coisa?), mas sei que o que devia fazer era, no mínimo, retribuir o abraço. É por isso que é uma pena eu ter a mala do saxofone na mão: é que as pessoas às vezes não sabem mas é um instrumento delicado e não se pode pousar assim no chão de qualquer maneira.

    Comentários a "Achas que eu alguma vez soube alguma coisa?"

     

    Blogger maria pragana disse ... (6:10 da manhã) : 

    Apetece-me dizer, como os Mesa, "já te expliquei noutra canção".
    ;D

    Três sugestões:
    1) Escreve;
    2) Escreve;
    3) Escreve.

    P.S. 4) Mostra-nos o que escreves!

     

    Anonymous MARTA disse ... (9:56 da tarde) : 

    Não sabia que o casaco era novo.

     

    Blogger mnica ;* disse ... (5:47 da tarde) : 

    quando morreres, onde vais deixar o saxofone?

    Jinhos ;*

     

    Blogger Marceli disse ... (3:05 da tarde) : 

    Adorei o blog!


    Bjos,


    Marceli
    http://dicadelivro.com.br/

     

    Comentar